Finalidade

Blog de divulgação de assuntos geográficos, políticos, acadêmicos, curiosos...

sexta-feira, 3 de março de 2017

FOI LANÇADA A I CIRCULAR DO XV SIMPÓSIO NACIONAL DE GEOGRAFIA URBANA (SIMPURB) QUE ACONTECERÁ EM SALVADOR (BA) EM NOVEMBRO/2017




SOBRE A CIDADE E O URBANO, CONTRIBUIÇÃO DA GEOGRAFIA:
QUE TEORIAS PARA ESTE SÉCULO? UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA (UFBA) SALVADOR, 20 A 23/11/2017

Primeira Circular

A partir das temáticas Vinte anos de reflexão sobre o urbano (Brasília 2009), Ciência e Utopia: por uma Geografia do possível (Belo Horizonte, 2011), Ciência e ação política: por uma abordagem crítica (Rio de Janeiro, 2013) e Perspectivas e abordagens da Geografia Urbana no Século XXI (Fortaleza, 2015), e inspirada nos debates ocorridos no âmbito desses eventos, a comissão organizadora propõe, para o SIMPURB 2017, a temática Sobre a cidade e o urbano, contribuição da Geografia: que teorias para este século?

Os pressupostos definidores da temática do SIMPURB 2017 são os de que nos atuais cenários político e científico do país, e particularmente da Geografia, é muito importante e pertinente discutir qual a potência da análise geográfica para explicar os novos conteúdos da urbanização e o que é específico da/na Geografia para pensar os processos urbanos na contemporaneidade. A ideia é confrontar diferentes perspectivas/correntes teórico-metodológicas e analisar os processos em diferentes escalas de abordagem, tendo como pressuposto a noção de totalidade.

Quanto à estrutura de realização do evento, a comissão organizadora optou, na abertura e no encerramento, em lugar de duas conferências, pela realização de duas mesas-redondas. Para a mesa-redonda de abertura, definiu-se uma composição interdisciplinar.

Na mesa de abertura, intitulada Para pensar a cidade e o urbano hoje: diálogo interdisciplinar no campo das ciências humanas e sociais, espera-se tratar os diferentes modos como, a partir de diferentes campos disciplinares – Geografia, Arquitetura, Urbanismo, Economia e Sociologia – pode-se pensar a cidade, o urbano e a metrópole. A mesa-redonda de abertura buscará, sobretudo, fomentar e garantir o debate entre diferentes disciplinas para a compreensão dos conteúdos da urbanização no período contemporâneo.





A mesa de encerramento, intitulada Que teorias para entender a cidade e o urbano neste século? (Contribuição da Geografia), tem por objetivo explorar a contribuição  da Geografia para pensar a cidade e o urbano no século XXI, buscando-se aprofundar a compreensão teórica sobre os conteúdos da urbanização, com foco nos caminhos que a Geografia Urbana percorre/percorreu para o confronto de linhas epistemológicas na produção de conhecimento de caráter prospectivo.

Todas as mesas-redondas acontecerão no Auditório da Reitoria da UFBA (sem atividades paralelas), pela manhã ou no final da tarde/início da noite e os Grupos de trabalho (GTs) nas tardes de segunda, terça e quarta na Faculdade de Direito da UFBA. Estão previstas também atividades culturais e lançamentos de livros, ao longo dos quatro dias do evento.

Serão realizadas durante o simpósio sete Mesas-Redondas:

Mesa 1 (Abertura): Para pensar a cidade e o urbano hoje: diálogo interdisciplinar no campo das ciências humanas e sociais
Mesa 2: O futuro da cidade: Política urbana ou projeto utópico?
Mesa Especial: Contribuições teóricas para a pesquisa urbana - Milton Santos,  Maurício Abreu, Neil Smith e Edward Soja
Mesa 3: Produção do urbano e da cidade na era da financeirização Mesa 4: Especificidades da cidade e do urbano no Brasil
Mesa 5: As escalas  espaço-temporais do urbano
Mesa 6 (Encerramento): Que teorias para compreender a cidade e o urbano neste século? (Contribuição da Geografia)

Foram confirmados quinze Grupos de Trabalho para o XV Simpurb:

GT-1: Reestruturação Urbana: agentes, redes, escalas e processos espaciais GT-2: Metrópole, metropolização e dinâmica espacial contemporânea
GT-3: Redes urbanas e cidades médias: das noções aos conceitos, métodos e teorias GT-4: Economia urbana, trabalho, comércio e consumo
GT-5: Mobilidade, migração e espaço urbano GT-6: Território e ativismos sociais urbanos
GT-7: Produção do espaço urbano numa perspectiva critica GT-8: Geografia histórica urbana
GT-9: A produção do urbano: abordagens e métodos de análise GT-10: Práticas culturais na produção da cidade
GT-11: Geografia urbana dos lazeres
GT-12: Estado, grandes projetos e planejamento corporativo
GT-13: Transformações no campo e nas cidades em um contexto de globalização e metropolização
GT-14: Geotecnologias e Análise Espacial no espaço urbano
GT-15: Cidade e urbano na Bahia: dinâmicas e processos recentes



Sobre datas-chave, inscrições e submissões:

Foram discutidos e deliberados os seguintes prazos (datas-chave): 18/04/17 (data- limite para colocar o site do evento no ar e iniciar as submissões on-line); 18/06/17 (data limite para submissão de trabalhos completos, sem prorrogação); 19/06 a 19/07/17 (avaliação dos trabalhos pelos coordenadores de GTs); até 31/07/17 (divulgação dos trabalhos aceitos); 15/08/17 (data limite para pagamento de inscrição com desconto).

Os trabalhos submetidos aos GTs serão avaliados por seus respectivos coordenadores, que compõem a Comissão Científica do SIMPURB 2017. A avaliação se baseará na submissão de trabalhos completos.

De modo geral, seguiremos com as mesmas regras de submissão adotadas no XIV SIMPURB de Fortaleza: Os trabalhos submetidos ao Simpurb 2017 deverão ser baseados em pesquisas em estágio avançado de realização e apresentar questões teórico-metodológicas congruentes com a temática geral do evento e do respectivo Grupo de Trabalho; todos os trabalhos aprovados para apresentação, seja na forma de comunicação oral ou pôster, serão integralmente publicados nos anais do evento; só serão aceitos para avaliação trabalhos completos, entre 15 e 20 páginas; somente será aceito um trabalho por autoria ou coautoria; o nome do/a orientador/a deve constar em nota de rodapé e não na condição de coautor, a não ser em casos excepcionais e justificados de trabalhos assinados por ambos que não resultem diretamente da pesquisa autoral do/a orientando/a (dissertação ou tese); coordenadores de GTs poderão submeter até um trabalho em grupo de trabalho diferente do qual coordena no evento.

Reconhecendo a difícil situação econômica atual, a Comissão Organizadora também decidiu não majorar as taxas de inscrição praticadas no Simpurb 2015, que permanecem as mesmas:

Categorias
Até 15/08/2017
Após 15/08/2017
Estudante de Graduação
R$ 100,00
R$ 150,00
Estudante de Pós-Graduação
R$ 150,00
R$ 200,00
Profissionais
R$ 250,00
R$ 300,00

Salvador, 20 de fevereiro de 2017

Comissão Organizadora do XV SIMPURB – SIMPURB 2017:


Angelo Szaniecki Perret Serpa (UFBA, Coordenador Geral do Evento), Ana Fani Alessandri Carlos (USP), André Nunes de Sousa (IFBA), Arlete Moysés Rodrigues (UNICAMP), Floriano Godinho (UERJ), Jacileda Cerqueira Santos (Grupo Espaço Livre/UFBA), Jânio Roque Barros de Castro (UNEB), Jânio Santos (UEFS), José Aldemir (UFAM), Nelba Azevedo Penna (UNB), Patrícia Chame Dias (Grupo Espaço Livre/UFBA), Paulo Baqueiro Brandão (UFOB) e Pedro de Almeida Vasconcelos (UFBA/UCSAL)
COMPARTILHE EM SUA REDE

Ricardo Luiz Töws

Doutor em Geografia pelo PGE-UEM - Programa de Pós-Graduação em Geografia, membro do GEUR - Grupo de Estudos Urbanos e do Observatório das Metrópoles - Núcleo R.M.M. Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná (IFPR Campus Avançado Astorga).
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

PUBLICIDADE

Postagens populares

BIBLIOTECAS

Copyright @ 2013 Prof. Ricardo Töws . Designed by Templateism | Love for The Globe Press