Finalidade

Blog de divulgação de assuntos geográficos, políticos, acadêmicos, curiosos...

sábado, 4 de julho de 2015

Série de vídeos no Blog Brasil Post explica Pedagogia da Autonomia, de Paulo Freire

No Brasil, Paulo Freire é endeusado por alguns, xingado por outros, mas na prática a sua obra é pouco estudada, mesmo em cursos de licenciatura. Ao contrário do que muitos que não o conhecem imaginam, suas ideias não estão presentes na ampla maioria das escolas brasileiras, que ainda adotam métodos autoritários, desconectados da realidade dos alunos e contrários ao que Freire propunha.
Nos Estados Unidos e na Europa, a pedagogia freireana é influente nas faculdades de Educação e em institutos de pesquisa em HarvardStanfordPrinceton, M.I.TYale,Cambridge, para citar algumas instituições entre as melhores do mundo. É fácil verificar isso. Basta buscar no Google "Paulo Freire" site:princeton.edu por exemplo, para observar as centenas de referências ao educador brasileiro na bibliografia de disciplinas, em seminários, relatórios de pesquisa e eventos acadêmicos nas páginas situadas no domínio destas instituições.
Nos Estados Unidos, iniciativas recentes como a Paulo Freire Freedom School, universidade localizada no Arizona, e a Paulo Freire Charter School, em Nova Jersey, indicam a influência da pedagogia freireana em instituições empenhadas em uma educação que inspire os alunos a relacionar os conhecimentos com o mundo e a participar mais ativamente de suas comunidades.
Influência Internacional
Uma consulta no Google Acadêmico - a ferramenta que pesquisa teses, dissertações, artigos publicados em periódicos científicos e papers apresentados em congressos - também indica a relevância acadêmica de Paulo Freire na pesquisa internacional. E por outro lado, revela também a pequena quantidade de estudos sobre a sua obra no Brasil.
Uma busca pelo termo "Pedagogy Of Oppressed", por exemplo, registra mais de 48 mil trabalhos científicos em língua inglesa que citam a edição mais recente do livro, publicado em 2000, pela Bloomsbury Publishing. Em espanhol, o termo "Pedagogia del oprimido" lista mais de 20 mil citações ao livro em trabalhos acadêmicos. Em português, na busca pelo termo "Pedagogia do Oprimido", se juntarmos as referências a todas as edições do livro, as citações somadas não chegam a 250. Isso mesmo: o Google Acadêmico lista menos de duzentos e cinquenta trabalhos acadêmicos em português que mencionam o principal livro do educador brasileiro, que é estudado no mundo inteiro.
Para continuar a leitura deste artigo e ver os videos, clique neste link.
Para acessar algumas obras de Paulo Freire, clique nesta Biblioteca.
Fonte: BrasilPost
Paulo Freire

COMPARTILHE EM SUA REDE

Ricardo Luiz Töws

Doutor em Geografia pelo PGE-UEM - Programa de Pós-Graduação em Geografia, membro do GEUR - Grupo de Estudos Urbanos e do Observatório das Metrópoles - Núcleo R.M.M. Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná (IFPR Campus Avançado Astorga).
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

PUBLICIDADE

Postagens populares

BIBLIOTECAS

Copyright @ 2013 Prof. Ricardo Töws . Designed by Templateism | Love for The Globe Press