Finalidade

Blog de divulgação de assuntos geográficos, políticos, acadêmicos, curiosos...

sábado, 17 de maio de 2014

10 coisas incríveis que você não sabia que os animais podem fazer [por ScienceBlux]

Fonte: ScienceBlux
A única característica que realmente separa os humanos dos outros animais é a nossa forma de pensar. Na verdade, muitas vezes esquecemos que somos apenas uma outra espécie de animal. Acontece que algumas das criaturas que pensamos que são tão diferentes de nós podem realmente fazer um monte de coisas "humanas".

01. Mostrar empatia


Em um experimento controlado, os cientistas ofereceram uma recompensa para um rato sortudo, enquanto prenderam o outro. Em vez de ir para a recompensa, o rato livre tentou ajudar o companheiro preso. Quando os cientistas libertaram o segundo rato, os dois compartilharam a recompensa. É como se eles soubessem que a situação não era justa e eles haviam trabalhado juntos para conseguir o benefício mútuo. [Fonte: Cracked]

02. Guardar rancor e procurar vingança


Em 2007, um grupo de visitantes do zoológico de San Francisco insultou um tigre siberiano em sua jaula. De alguma forma, o animal conseguiu escapar, rastreou os visitantes, e os atacou. Ao longo do caminho, o tigre ignorou muitas outras pessoas e animais, e de forma muito clara, procurou seus agressores. [Fonte: Time]

03. Chorar e enterrar seus mortos


Os chimpanzés, elefantes e lobos são conhecidos por reagir à morte de uma forma comovente e compassiva. Depois de uma perda, estes animais têm dificuldade em dormir, param de brir, e até mesmo evitam o espaço onde o seu companheiro morreu. Os elefantes até mesmo podem enterrar os mortos de uma maneira cerimonial. [Fonte: HowStuffWorks]

04. Afogar suas mágoas


Moscas são mais semelhantes aos seres humanos do que você pensa. Tal como a maioria de nós, elas são obcecadas por sexo. Os pesquisadores descobriram que as moscas que tinham sido rejeitadas por potenciais parceiros eram muito mais propensas a escolher alimentos infundidos de álcool do que aquelas que foram bem-sucedidas em seus esforços com o sexo oposto (ou mesmo). [Fonte: Cracked]

05. Formar culturas


A cultura não é genética, é transmitida socialmente de um indivíduo para outro. Em 1963, um único macaco japonês descobriu o conforto de banhos em águas termais. Agora, macacos em todo o Japão fazem visitas regulares a fontes termais. Toda uma cultura se desenvolveu a partir da curiosidade inocente de um único macaco. [Fonte: Listverse]

06. Formar parcerias para a vida


Carinhosamente, alguns animais foram observados passando toda a sua vida com um parceiro. Mesmo depois de que seu companheiro morre, apenas cerca de 20% das garças encontram outro. Temos dúvidas se esse é realmente um comportamento humano. [Fonte: HowStuffWorks]

07. Aprender e ensinar


A maioria dos animais ensinam e aprendem através da observação e imitação. Alguns, como suricatos, tem um método para o ensino. Em vez de deixar seus bebês em perigo através da tentativa e erro, os pais têm uma abordagem mais controlada. Eles trazem pequenos escorpiões quase mortos para treinar seus filhotes a caçar. Conforme eles ficam melhores, os pais trazem escorpiões maiores e mais vivos, até que se sintam seguros em deixar as crianças saírem desacompanhadas. [Fonte: HowStuffWorks]

08. Reconhecerem-se


Muito poucos animais, mesmo entre os gatos e os cães, são capazes de identificar-se em um espelho, o que significa que eles não têm auto-consciência. Macacos, gibões, elefantes, gralhas, e certas espécies de baleias, no entanto, reconhecem-se em um espelho. Impressionante quando você considera que os seres humanos não se tornam auto-conscientes até cerca de 18 meses de idade. [Fonte: Listverse]

09. Formar uma linguagem


Primatas, baleias, pássaros e lulas já foram vistos usando sons distintos para identificar objetos específicos, ações e indivíduos. Primatas são conhecidos por usar a gramática em seu discurso. E em alguns casos eles podem aprender as línguas dos outros animais - como a nossa. Washoe, o chimpanzé, foi capaz de aprender 350 palavras da língua de sinais americana e usar essas palavras para formar frases complexas. [Fonte: Listverse]

10. Adiar tarefas


Os seres humanos são preguiçosos, e nesse sentido o pombo é o nosso parente mais próximo. Os pesquisadores deram aos pombos treinados a escolha de dois horários de trabalho para ganhar uma recompensa. Um dos horários começava com uma pequena tarefa seguida por um longo período de descanso antes de se alimentar, e o outro começava com uma longa espera e uma tarefa muito mais difícil antes do jantar. Os pombos escolheram o horário de trabalho mais tarde, e adiaram uma tarefa curta, mesmo quando isso significava uma tarefa longa mais tarde. Isso te lembra alguém?


COMPARTILHE EM SUA REDE

Ricardo Luiz Töws

Doutor em Geografia pelo PGE-UEM - Programa de Pós-Graduação em Geografia, membro do GEUR - Grupo de Estudos Urbanos e do Observatório das Metrópoles - Núcleo R.M.M. Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná (IFPR Campus Avançado Astorga).
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

PUBLICIDADE

Postagens populares

BIBLIOTECAS

Copyright @ 2013 Prof. Ricardo Töws . Designed by Templateism | Love for The Globe Press